Interferência do Uso de Medicamentos na Evolução de Úlceras por Pressão
Acesso Imediato
Banner PagSeguro

Docente: Patrícia Helena Castro Nunes

Patrícia Helena Castro Nunes

Farmacêutica, graduada pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Mestre em Neuroimunologia  e Especialista em Farmácia Hospitalar pela UFF.  Especialista em Farmácia Hospitalar em Oncologia pelo Instituto Nacional do Câncer. Especialista em Gestão Hospitalar pelo Hospital Sírio-Libanês. Atualmente, é tecnologista em saúde pública do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas na Fundação Oswaldo Cruz e aluna do Curso de Doutorado em Ciências Médicas do Instituto D´Or de Pesquisa e Ensino.

 


Interferência do Uso de Medicamentos na Evolução de Úlceras por Pressão

Carga horária: 3h

Licença: 15 dias.


INVESTIMENTO

GRÁTIS!


O curso tem como objetivo apresentar e discutir os principais medicamentos que podem interferir na evolução de úlceras por pressão, tornando a farmacoterapia um fator importante a ser avaliado na prevenção, no manejo e na condição clínica.

  • Classificação das Úlceras por Pressão
  • Introdução às Principais Coberturas
  • Fatores de Risco para a Abertura de Úlceras por Pressão
  • Mecanismo de Cicatrização de Feridas Aguda
  • Fatores que Interferem na Cicatrização de Úlceras por Pressão
  • Eventos Adversos com Medicamentos que Podem Aumentar o Risco de Abertura de Úlceras por Pressão
  • Fármacos e Interações Medicamentosas que Podem Interferir Negativamente nos Mecanismos de Cicatrização de Úlceras por Pressão

Informamos que é terminantemente proibida a reprodução total ou parcial, execução pública, modificação, transformação, cópia, distribuição, comercialização ou qualquer outra forma de exploração e manipulação dos conteúdos desta plataforma, dos seus dispositivos técnicos, conteúdos, aplicações, códigos fonte, desenho, seleção e forma de apresentação dos materiais, e, em geral, da informação contida nesta plataforma. Todos os direitos são reservados ao Autor de acordo com a Lei nº 9.610, de 19/02/1998.

Farmacêuticos, Médicos, Enfermeiros e outros profissionais que atuam ou querem atuar no âmbito hospitalar e ambulatorial, na assistência domiciliar, na gestão de risco e na farmacovigilância. Indicado, também, a docentes e estudantes de graduação dos cursos relacionados a este tema.